Ipatinga, 24 de julho de 2024

Consistório para a canonização de alguns beatos, dentre eles Carlos Acutis

20 de junho de 2024   .   

O Papa presidirá no Palácio Apostólico a Hora Terceira e o Consistório público para a data de canonização, não só de Carlos Acutis, mas também de Manuel Ruiz Lopez e sete companheiros; dos leigos mártires Francisco, Mooti e Rafael Massabki; de Giuseppe Allamano, fundador dos Missionários da Consolata; de Marie-Leonie Paradis, fundadora das Pequenas Irmãs da Sagrada Família; de Elena Guerra, fundadora das Irmãs de Santa Zita.

Na segunda-feira, 1º de julho, às 9 horas, na Sala do Consistório do Palácio Apostólico Vaticano, o Papa Francisco presidirá a celebração da Hora Terceira e do Consistório Ordinário Público para a Canonização de alguns Beatos. O anúncio foi feito pelo Departamento das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice.

São eles Manuel Ruiz Lopez e sete companheiros, da Ordem dos Frades Menores, e Francisco, Mooti e Raphael Massabki, fiéis leigos, mártires; Giuseppe Allamano, sacerdote, fundador do Instituto dos Missionários da Consolata e das Irmãs Missionárias da Consolata; Marie-Leonie Paradis (nascida Virginie Alodie), fundadora da Congregação das Pequenas Irmãs da Sagrada Família; Helena Guerra, fundadora da Congregação das Oblatas do Espírito Santo, conhecidas como as “Irmãs de Santa Zita”; Carlos Acutis, o conhecido jovem leigo, considerado o “santo padroeiro da internet”, cuja devoção se difundiu em todo o mundo.

Francisco aprovou esses decretos em 23 de maio passado.

Vatican News

FacebookWhatsAppTwitter