Ipatinga, 24 de outubro de 2020

Comunidades

Nossa Senhora da Esperança

Rua Um, 1541 - Bairro Nova Esperança

No dia 5 de dezembro do ano de 1999, na localidade conhecida por Cruzeirinho deu-se inicio a futura comunidade Nossa Senhora da Esperança. Em um primeiro momento houve uma celebração que reuniu 13 pessoas em torno do Cruzeirinho, com a presença do padre Buião. Por sete meses as celebrações aconteceram na rua e nas casas, sendo que no decorrer desse tempo o padre Buião deixou a paróquia, continuando as celebrações sem ele.

No mês de julho do ano seguinte, encontraram um lote para instalação da comunidade, que iniciou apenas com um telhado, e como forma de agradecimento realizou-se uma confraternização com a presença do padre Irani. Para legalização do lote, a comunidade contou com o auxilio do padre José Miranda (in memoriam) em conjunto com o senhor Eustáquio (secretário da Paróquia Nossa Senhora Aparecida) e o senhor Geraldo de Assis (membro da comunidade) na época.

No ano de 2002 houve a formação de um grupo de jovens na comunidade, grupo que foi de grande importância para crescimento da mesma, pois realizou festas e campanhas de arrecadação de recursos para a comunidade. Além dessas campanhas, o grupo de jovens MAPC (Mocidade Alegre na Presença de Cristo), participou de vários eventos da paróquia, tornando a comunidade mais conhecida e ajudando na integração a paróquia. Para a construção da comunidade também tivemos o auxilio de comunidades como a São Francisco de Assis, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora Aparecida-NE e Senhor do Bonfim. Recebemos doações de bancos e tijolos.

Devido a falta de sacrário e de ministros da Eucaristia, em conversa com o padre Miranda, sobre essa necessidade da comunidade, foi autorizado que uma ministra da comunidade São Francisco de Assis, ministrasse a Eucaristia na comunidade do Cruzeirinho e assim, foi dada a autorização a senhora Maria José para que trouxesse a Eucaristia nos dias de Missas e celebrações, e no final deveria levar o restante de volta a sua comunidade. Após um tempo, o padre conseguiu um sacrário para a comunidade e a ministra vinha apenas para atuar.

A comunidade que até hoje é conhecida por muitos como Cruzeirinho, recebeu por padroeira Nossa Senhora da Esperança, através de eleição. A padroeira foi escolhida devido ao nome do bairro e ao histórico de construção da comunidade, com muita dificuldade e sempre na esperança de conseguir alcançar os objetivos da comunidade. Com a mudança de paróquia e a chegada de um novo pároco, deu-se início a diversas mudanças nas comunidades, havendo mais união e trabalho em prol de melhorias na estrutura das comunidades, assim em setembro de 2010, se iniciou a reforma e melhoria da comunidade Nossa Senhora da Esperança, permitindo a realização de sacramentos como batismo, 1ª eucaristia, entre outros.

Relação das lideranças de pastoral e movimento

  1. CPC e Reflexão: Cláudio Ribeiro
  2. Liturgia, Comissão Financeira e Coroinhas: Maria Aparecida Mendes
  3. Terço dos Homens e Conferência: Geraldo de Assis
  4. Ministros da Comunhão: Maria José de Souza
FacebookWhatsAppTwitter