Ipatinga, 25 de maio de 2024

Às vésperas da abertura do Ano Vocacional, dom José Albuquerque fala sobre a iniciativa

18 de novembro de 2022   .   

O 3º Ano Vocacional do Brasil deseja promover a cultura vocacional nas comunidades eclesiais, nas famílias e na sociedade, para que sejam ambientes favoráveis ao despertar de todas as vocações, como graça e missão, a serviço do Reino de Deus. A iniciativa convida a todos a refletir e aprofundar o tema “Vocação: Graça e Missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho”.

Às vésperas de sua abertura nacional, prevista para ocorrer no próximo sábado, 19 de novembro, a partir de 16h30, com uma coletiva de imprensa e missa solene no Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida (SP), o bispo auxiliar de Manaus e referencial do Serviço de Animação Vocacional/ Pastoral Vocacional, dom José Albuquerque, concedeu entrevista e falou sobre o planejamento e organização do Ano Vocacional. 

Confira a entrevista:

A abertura do Ano Vocacional 2023, em nível nacional, se dará no próximo 19 de novembro.  Qual é a importância desse dia?

Dom José Albuquerque

O 3ª Ano Vocacional do Brasil será inaugurado no dia 20 de novembro. Nessa ocasião celebraremos a Solenidade Cristo Rei do Universo. E no Brasil já em vários anos nós celebramos a vocação e a missão dos cristãos leigos e leigas. Essa data foi marcada para dar início ao Ano Vocacional. No domingo, dia 20, a abertura se dará à nível de comunidade, paróquia, diocese, regional, mas à nível nacional nós estamos nos programando para celebrar no Santuário de Aparecida no dia 19, sábado, com uma missa que será transmitida pelas emissoras católicas – TV Aparecida e TV Pai Eterno – e redes sociais, às 18h. 

O que comemora o terceiro ano vocacional e em que foi inspirado?
O 3º Ano Vocacional do Brasil irá celebrar os 40 anos do primeiro Ano Vocacional que aconteceu em 1983 cujo lema foi “Vem e segue-me”; o segundo Ano aconteceu em 2003 cujo tema foi “Batismo, fonte de todas as vocações” e o lema “Avançem para águas mais profundas”. Nesse ano de 2023, o Ano Vocacional traz como tema “Vocação: graça e missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho”, inspirado no encontro de Lucas com os discípulos de Emaús, então essa data é muito significativa para nós porque vamos dar continuidade a toda uma caminhada bonita que estamos fazendo no Brasil para a promoção vocacional, para promover todas as vocações e ministérios que estão à serviço do Evangelho e do povo de Deus. 

Em que se fundamenta o tema “Vocação: Graça e Missão”?
O tema e o lema do Ano Vocacional foram definidos a partir de indicações provenientes dos vários organismos e comissões da CNBB envolvendo o povo de Deus. Foram considerados alguns critérios como a caminhada vocacional no país e seus eventos nacionais desde o primeiro ano vocacional realizado em 1983 e o contexto atual da Igreja neste caminho sinodal que estamos trilhando. Também foram levados em conta alguns aspectos da vida da sociedade marcada fortemente pela pandemida da Covid-19. 

No processo de escolha do tema surgiram várias sugestões: manifestaram um anseio muito forte por uma igreja mais unida, mais sinodal, mais diaconal e próxima das pessoas. Desejava-se que este ano vocacional trate da vocação no seu sentido mais profundo e mais amplo no âmbito pessoal e comunitário. 

Nas reflexões ficou evidente que a ocasião deveria promover com muita clareza a identidade das mais diversas vocações específicas da igreja, compreendida como um povo de vocacionados e vocacionadas, tendo o cuidado de superar tanto uma visão reducionista de vocação que seja excludente, uma visão clericalista, mas também evitar uma generalização que não impacta a pessoa, a quem na verdade Deus chama pelo nome. Vocação pessoal e igreja entendida como comunidade de vocacionados e vocacionadas são inseperáveis. Vocação pessoal e também a dimensão missionária do chamado.

Como é organizado o texto-base do 3º Ano Vocacional ?

O texto-base é fruto de um trabalho muito empenhativo e dedicado de várias pessoas que representam as Comissões da CNBB. Ele é dividido em três partes. Logo após a introdução nós temos a primeira parte que reflete sobre a vocação, todo o seu aspecto teológico, uma compreensão de que a vocação é ser chamado a ser povo de Deus, onde somos convidados a sermos discípulos missionários de Jesus, então trazemos referências do Concílio Vaticano II, da Conferência de Aparecida, textos inspirados no magistério do Papa Francisco.

A segunda parte é onde é refletida a dimensão bíblica, onde temos referências de vários textos do Evangelho para compreendermos que a vocação é dom, é graça. E na terceira parte iremos refletir sobre a dimensão missionária, onde o chamado de Deus nos coloca na perspectiva de caminharmos juntos, de estarmos unidos para fortalecer a esperança e, é claro, que o texto nos aponta desafios para promovermos a animação vocacional em nossas comunidades, dioceses ao longo desse ano. 

Na prática, qual a proposta do Ano Vocacional 2023?
Nós encontramos no texto-base do 3º Ano Vocacional como objetivo geral o desejo de promover a cultura vocacional nas comunidades eclesiais, nas famílias, na sociedade para que sejam ambientes favoráveis no despertar de todas as vocações, como graça e missão à serviço do Reino de Deus.

Temos como tarefa buscar o cultivo da sensibilidade vocacional que favoreça a compreensão de que toda pastoral é vocacional; toda formação é vocacional; toda espiriualidade é vocacional. São palavras que o Papa Francisco nos escreveu na Exortação Apostólica Christus Vivit, no número 254. Esse é o objetivo do Ano Vocacional: fazer com que todos nós possamos ser conscientes de que o chamado é para todos e todas.

As atividades pastorais que realizamos, toda formação, toda espiritualidade é profundamente vocacional, porque ser cristão significa ser vocacionado, ser chamado a amar a Deus, a seguir Jesus Cristo e a servir o povo de Deus.

Quais as atividades previstas para o Ano?
As atividades que estão sendo programadas certamente vão acontecer à nível local. Temos à nível nacional a abertura do Ano Vocacional marcada para o próximo final de semana, mas as atividades vão acontecer à nível de comunidade, paróquia, diocese, regional. É importante termos essa consciência de que tudo aquilo que formos vivenciar no ano de 2023 vamos ser chamados a nos deixar inspirar pelo tema e pelo lema do Ano Vocacional.

É claro que existe uma preocupação e um pedido para que possamos intensificar à prática da oração pelas vocações em todos os âmbitos seja no pessoal, familiar, comunitário. Nós temos como sugestão uma oração que foi feita especialmente para o 3º Ano Vocacional. Ela está disponível nas redes sociais, no site do Ano Vocacional.

Também temos o hino que foi composto especialmente para celebrarmos o 3º Ano Vocacional. É uma belíssima melodia e a letra é inspirada no Evangelho de São Lucas, no encontro de Jesus com os Discípulos de Emaús.

Temos diversos subsídios que estão sendo divulgados e comercializados pelas Edições CNBB, na qual as comunidades podem ter acesso, seja para celebrações litúrgicas, seja para encontros com os catequistas e catequizandos.

Que vocês possam estar em sintonia com toda essa grande iniciativa da Igreja no Brasil, onde todo mundo é chamado a fazer parte desse grande mutirão de oração e incentivo para que em cada paróquia, em cada diocese exista uma equipe de animação vocacional que envolva todas as lideranças, toda a comunidade.

CNBB

FacebookWhatsAppTwitter